Brasil, um país de todos… em fila

Deixe um comentário

9 de abril de 2013 por deglutindopensamentos

Eliton Felipe427273_423699264379090_1925993822_n

 

 

pega_a_filaÉ consenso geral que brasileiro adora fila. Aqui tem fila para tudo, bancos, lojas, casas lotéricas, restaurantes, zona eleitoral… Isso fica mais claro em épocas comemorativas. Durante os dias que precedem natal, páscoa, dia das mães… as lojas ficam lotadas com filas a perder de vista e os cidadãos, “felizes”, permanecem ali com seus tão sonhados presentes em mãos.

 

Bom, mas por que eu escolhi esse tema? Vamos aos fatos. Dia desses estava eu com um probleminha de saúde e decidi, como sempre e como a maioria dos brasileiros, enfrentar a, tão famigerada, fila do SUS. O atendimento era exclusivamente na sexta-feira a partir das 10 horas da manhã. Sacanagem para quem precisa trabalhar, mas, como eu tenho o prazer de somente estudar, aproveitei a chance oferecida pelo governo.

 

Era por volta das 08 horas da manhã e eu já era, sei lá, o número 30 daquela tripa de pessoas reunidas buscando atendimento, ali rolam os mais diversos papos. Sempre tem aquele senhor que reclama de dor aqui e acolá, o outro que teve de fazer a perícia e foi para o encosto, uma terceira que está ali guardando lugar para alguém que não pode sair de casa por conta da sua enfermidade. Mas haviam duas coisas aceitas por todos: a primeira, todos respeitavam a ordem da fila, ninguém tirava o lugar de ninguém; a segunda, todos clamavam em conjunto, “Que maldita fila!”.

 

O tempo todo eu lembrava de Chico Science. “Que eu desorganizando. Posso me organizar”. Não sei se aquele povo enfileirado era um sinal de organização ou, justamente, o oposto. Em pleno século XXI dezenas de cidadãos, em sua maioria ligada a internet, são obrigados a saírem de suas camas, quase de madrugada, e passar horas em pé para conseguirem a coisa mais básica que um ser humano necessita, o direito a saúde.

 

Outro dia, fui almoçar no restaurante universitário da UFSC e lá as filas são quilométricas. Não se tem muito o que fazer, uma multidão esfomeada tentando entrar em um único recinto, sem a leal proteção da linha imaginária se digladiariam até a morte por um pedaço de carne ou um misero grão de arroz. Tudo bem, mesmo gigantesca ela anda rápido. Ali, outras duas coisas ficaram claras para mim: a primeira é o quanto o ser humano pode ser egoísta, mesquinho e mal educado. O tempo todo se vê na extensão da marcha, grupos aumentando com a chegada de amigos que, na maior cara de pau, com a cara mais lavada do mundo, ocupam lugares que não lhes pertence; a segunda é a incapacidade do ser humano de reagir às injustiças, mesmo quando elas os atinge diretamente. Nunca vi ninguém reclamar desses atos, me incluindo entre os lesados e calados.

 

Por último, ontem pela manhã, vi uma terceira fila. Essa, para mim, representa tudo o que a sociedade brasileira não conseguiu realizar quando se trata de mobilidade urbana. Havia 31 motos enfileiradas em um semáforo as 07h30, em um bairro de Joinville, cidade de pouco mais de 500 mil habitantes. Uma realidade que vale para todo o município.

 

A preferência pelo transporte individual, (no qual eu também me encaixo, já que, por falta de uma opção descente, estava sozinho dentro de um carro) o mais individual de todos, nos mostra que a política de investimento no transporte feita pelas três esferas governamentais se provaram inúteis com o avanço urbano. As motocicletas são o espelho de um sistema de transporte coletivo falido e fadado ao fracasso. Resultado: hospitais lotados na traumatologia com acidentados ocupando leitos que seriam destinados a doentes, poluição exacerbada nos céus e rios de Joinville, barulho e fumaça por todo lado e quem sofre somos nós, os joinvilenses, que começam a conhecer esse novo tipo de fila.

 

Assim caminha a humanidade com passo de formiga um em frente ao outro eternamente enfileirados.

 

Anúncios

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

abril 2013
S T Q Q S S D
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 122,136 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: