O 1º de abril mais mentiroso de todos…

Deixe um comentário

1 de abril de 2013 por deglutindopensamentos

Eliton Felipe427273_423699264379090_1925993822_n

Latuff 2010

Latuff 2010

Estava revirando algumas pastas no meu computador e encontrei um texto escrito por mim e publicado no jornal A Noticia em 2008 e que cai muito bem no dia de hoje…

2008, a grande “democracia republicana” nos permite dizer o que no convém na hora em que nos convém.

Uns dias atrás assisti a um vídeo no qual um celebre Deputado, eleito pelo povo através do “direito obrigatório” do voto, que há 20 anos reconquistamos definitivamente (assim espero), podendo eleger diretamente um civil, fora da junta de calhordas assassinos, para o mais auto cargo de nosso país, disse em alto e bom tom para quem quisesse ouvir: “O erro foi torturar e não matar”.

Isso me fez voltar no tempo 44 anos, quando os nossos direitos foram soterrados por um golpe militar. Naquele fatídico 1º de Abril (que irônico) os tanques do exército começaram a passar sobre as nossas lutas, a Marinha afundava nossa esperança de igualdade e a Aeronáutica abatia nossos sonhos de um país melhor.

Mas não nos submetemos. Fomos à luta com as poucas armas que nos restavam. Músicos, artistas, jornalistas, políticos (aqueles que puderam permanecer por aqui), durante quatro anos recusaram-se a se calar buscando a reabertura política. Tudo mudou no ano de 1968. No meio do fervor mundial, Paris, Praga, Itália, Alemanha, Vietnã, Estados Unidos… No Brasil estudantes foram para as ruas, os trabalhadores cruzaram os braços e o governo tremeu quando a luta armada surgiu. Atentados contra as forças armadas (contra as forças armadas e não contra civis, como no episódio do Rio-centro, ou os senhores já se esqueceram?), expropriação de montantes de bancos ou políticos corruptos (bancos que lucravam milhões enquanto as camadas mais pobres da população cresciam desenfreadamente ou políticos como o então governador de são Paulo, Adhemar de Barros que escondera um cofre com 2,6 milhões de dólares na casa de sua amante no Morro Santa Tereza no Rio de Janeiro), sequestros de aviões (em troca de militantes sequestrados pela polícia) e por ultimo, talvez o estopim, os sequestros de cônsul e embaixadores estrangeiros (de países que com suas multinacionais remetiam milhões e milhões de dólares para fora do Brasil todos os anos) Ps: alguém sabe por que o embaixador americano Charles Burke Elbrick foi expulso pelos militares depois de ser libertado?

O governo daqueles que se diziam revolucionários em nome da liberdade do país, baixou o Ato Institucional Nº.5 (AI-5), no qual os militares permitiam e estimulavam que seus órgãos de segurança sequestrassem, torturassem e, se interessante fosse, matasse os “inimigos” do governo. Depois disso a pátria sangrou e chorou, não como a Argentina, onde milhares morreram ou desapareceram, mas com dor igual ou maior das centenas de famílias que até hoje não puderam enterrar os corpos de seus entes queridos.

Mesmo assim não desistimos, fomos às ruas aos milhares lutar pela Anistia, e conseguimos. Pena termos sido engambelados pelos militares, tendo sido ampla e irrestrita, eles não puderam responder por seus crimes. Mesmo assim, valeu a pena! Os filhos dessa “mãe gentil” puderam retornar à pátria para lutar pela abertura política em uma desenfreada batalha, que culminou com o direito de elegermos nosso presidente em 1989, com a eleição (desastrosa) de Fernando Collor.

Porém, hoje a lei de Anistia está sendo revista, pois tortura é crime contra a humanidade, e a discussão está acirrada, o medo de alguns fica sob a esperança de muitos.

O mérito da questão não é o revanchismo e sim a tortura. Se aqueles que lutaram para derrubar aquela ditadura torturaram os algozes de nossa cidadania, que sejam condenados, tal quais os carrascos dos porões do DOPS, apresentem provas Excelentíssimos Generais!

Enquanto isso me chamam de “influenciado pelas ideias sociais/comunistas” se essas ideias forem voltadas para a igualdade social, para o fim das injustiças no campo e na cidade, sim eu sou influenciado (melhor do que ser influenciado pela Veja ou pela Novela das 8). Porém, prefiro acreditar que sou mais um cidadão buscando o direito a vida e principalmente a dignidade humana.

Eliton Felipe de Souza Acadêmico do 4º Ano de História

elitonfelipe@gmail.com

Anúncios

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

abril 2013
S T Q Q S S D
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 119,955 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: