A guerra das crenças

Deixe um comentário

2 de março de 2013 por deglutindopensamentos

Rebeca Duvoisin

Certa vez estava eu comemorando o aniversário de uma amiga em um bar e o assunto que surgiu foi o vegetarianismo. Não lembro bem ao certo como começou, mas uma das pessoas comentou que alguns veganos não comiam cebola. Quando foi questionado o motivo, pois, obviamente, não é um alimento de origem animal, comentei que muitos que praticam o yoga, por exemplo, evitam comer alguns alimentos, pois estimulam a mente. Um dos que estava à mesa comentou, com certo desdém, que isso (a tal história da cebola) não era provado cientificamente, então, não tinha cabimento. Respondi que não precisaria de comprovação para ser coerente. Se uma cultura perdura há séculos, talvez seja porque faça sentido para muitos. Se determinada forma de curar doenças sobrevive há mais de 4 mil anos, talvez seja porque realmente funciona. Se a fé em algum deus passa por milhares de gerações, talvez seja porque fez e faz sentido para muitos e, com isso, traz tranquilidade a essas gerações. Mas para algumas pessoas, tudo aquilo que não ganha respaldo da ciência não merece reconhecimento.

imagem 1

Não fiquei quieta. Como eu conheço um pouco do yoga, que foi o assunto daquela breve discussão, acredito que não é necessário o respaldo da ciência para que se comprove algo que sempre deu resultado. Não gostaria de falar excepcionalmente sobre esse assunto, mas sim de como hoje as pessoas se dividem entre o deus e o não deus, entre o místico e a ciência e de como as pessoas se tornam intolerantes às crenças que não são reconhecidas cientificamente.

Não é novidade que a ciência surgiu pra desmitificar muitas ideias, para ampliar o conhecimento, o que é fundamental para o progresso e o desenvolvimento da humanidade, mas se formos parar para pensar em todo o percurso cientifico, hoje ela ocupa o mesmo lugar que a igreja ocupava há séculos atrás, o da verdade absoluta. Não a vejo como o total oposto das crenças, como o bem e o mal. As crenças existem sim para explicar aquilo que, ouso afirmar, a ciência ainda não desvendou. Elas existem para preencher uma necessidade que é humana, não é errada, é simplesmente humana. Assim como muitos humanos precisam de um respaldo científico para passar a crer em algo. Enfim, o que quero dizer é que hoje em dia, muitas pessoas que se dizem esclarecidas acabaram por adotar a ciência como religião. Não aceitam outros argumentos, não aceitam a possibilidade de estarem erradas, pois, afinal de contas, a ciência é a verdade absoluta… se tornam tão cegos e intolerantes quanto muitos fanáticos religiosos.

Assim como existem muitos crentes (e aqui eu nomeio crentes como aqueles que creem em alguma coisa, que têm uma crença), que são tidos como chatos, pois insistem que a sua verdade é a verdade absoluta, existem também muitos ateus chatos que precisam falar aos quatro ventos sobre o seu não deus e sobre a sua não crença. E pra quê? Pra tentar converter os outros à sua não religião?

imagem 2

O fato de o ser humano sempre ter criado deuses e mitos para aplacar a angústia, para dar razão a alguns sentimentos, à forma como a natureza se comporta, ou para à vida, não é necessariamente um sinal de fraqueza ou de ignorância, muito menos de retrocesso, pelo menos eu não vejo dessa forma. É apenas uma maneira de ver o mundo, dar sentido à existência, e nisso, bom, nisso eu não vejo nada de errado. Nessa simples necessidade de dar coerência a alguma coisa não há motivo para tanto alarde em tentar provar quem está errado e quem está certo. As verdades estão aí para quem puder ou quiser acreditar.

Anúncios

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

março 2013
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 111,760 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: