DECLARAÇÃO DE AMOR

2

25 de fevereiro de 2013 por deglutindopensamentos

Pedro Magrini

imageslçpDesde o início de minha breve trajetória no blog Deglutindo Pensamentos, busquei temas políticos e reflexões que estavam me perturbando naquele instante da escrita. Permaneço escrevendo sobre minhas aflições, mas hoje de outra forma. Sem pretensão de seguir uma linha única de postagens, hoje faço uma declaração de amor. Uma declaração sem destino único, mas certo. Um amor que foge da visão tradicional, mas que poucos ousam duvidar. Um amor que sempre está ao lado e em meu caso, cresce a cada ano. Uma relação que se estreitou fortemente durante esses últimos meses, mas que existe desde que existo. São anos de afeto que não tem fim e se regeneram a cada encontro, a cada conversa, a cada confissão, a cada desabafo. Nesse caso, uma quantidade que se tornou sinônimo de qualidade. Alguns fatos podem ser lembrados e identificados individualmente.

Quando voltei para casa depois de 10 anos longe, você estava lá me aguardando. Quando precisei de alguém para ouvir meus lamentos, você estava lá me ouvindo. Quando precisei do seu cartão de crédito para ir ao TM Ltda, você estava lá para me emprestar, comendo seu miojo. Quando parecia insuportável lembrar do passado, você estava lá me reconfortando. Quando bebi sete garrafas de vinho, você estava lá me acompanhando. Quando fui para São Carlos e as estradas só me lembravam o passado, você e a Emi estavam lá junto comigo. Quando fui para Ribeirão Preto e pasmem, curti uma balada eletrônica, você estava lá me divertindo. Quando consegui passagens com desconto, pois não aguentava mais viajar de ônibus para um destino indesejado, você estava lá me ajudando. Quando a festa de natal se tornou uma rave, você estava lá me acompanhando. Quando no início da semana a tristeza batia forte e um ar melancólico dominava meu pensamento, você estava lá para me reconfortar. Quando fui dezenas de vezes no jazz night, no Trairagem, no São Gabriel e até no Porks, você estava lá sorrindo, bebendo e dançando comigo. Quando as corridas no lago se tornaram mais do que uma prática de esporte, você estava lá ao meu lado. Quando queria conversar numa tarde qualquer e tomar um cafezinho no SimpRício, você estava lá me esperando. Quando resolvi passar o carnaval em BH, só com puta e viado, você estava lá pulando. Quando não tinha mais um lar na Ilha da Magia, você estava lá para me acolher. Mesmo quando o trabalho na metalurgia ocupava grande parte do seu tempo, mesmo assim você estava lá, sempre. Quando pensei que perdi o que eu imaginava ser meu único amor, descobri que na verdade meu amor maior sempre esteve ali.

Lenda-O-Amor-e-cego-e-a-Loucura-acompanha-o-sempreHoje escrevo com um único objetivo. Fazer uma declaração ao amor da minha vida, meus amigos(as), companheiros(as) e camaradas, de sangue ou não, dos mais antigos aos mais recentes, dos mais conservadores aos mais progressistas, que sempre estiveram/estarão junto a mim incondicionalmente num momento turbulento. De todos os questionamentos que pairam sobre minha cabeça, esse é, sem dúvida, minha única certeza. AMO VOCÊS; Muito obrigado por tudo. Voltarei em breve.

Assim, declarado meu amor, faço minhas sugestões de filmes sobre amizade (ou amor?). O primeiro é o incrível desenho animado Mary and Max que narra uma improvável história de amizade à distância de uma jovem com um homem depressivo e solitário. Link do filme no Laranja Psicodélica (http://www.laranjapsicodelicafilmes.blogspot.com.br/2012/03/mary-e-max-2009.html). O Segundo filme é As vantagens de ser invisível, que com uma narrativa simples, mostra os percalços e crises de um adolescente e suas novas amizades. Link no LP (http://www.laranjapsicodelicafilmes.blogspot.com.br/2012/12/as-vantagens-de-ser-invisivel-2012.html).

Até semana que vem. Beijo para você :}

Anúncios

2 pensamentos sobre “DECLARAÇÃO DE AMOR

  1. Guilherme André disse:

    A cada dia mais esse nosso mestre nos surpreende com suas palavras.
    Um tanto quanto mais “apurado” digamos, como um verdadeiro doce de abóbora, que ferve para ficar melhor ou também como quem passa por grandes apuros, Você sabe o que estou dizendo …. Nessa nossa vida de valores relativos e relativos valores. Que momento voce se encontra agora meu brother ??? Passou a tempestade ou apenas começou o início de uma nova batalha de um mundo de opções e “experimentações”. Atençãoooo !!!! Já diria Arnaldo Antunes, os vinte e poucos estão indo, com inúmeros outros por vir. …
    Vi um pouco e digo: Importante, importante mesmo é à própria vida, Você meu irmão ta no coração, em algumas palavras uma das mais doídas ou doida mesmo, a SAUDADE marca isso, todos sentimos sua falta.
    E por mais dolorida que ela seja, às vezes em nossa peito queimar mesmo parecendo não ter fim, sinta e saiba que sua família, seus amigos estarão sempre aqui.
    E somos sim seu porto seguro, e no mar da vida em momentos de turbulência, maremotos, tormentas, tempestade, viva intensamente contudo volte, embora saibamos ser no seu tempo volte sem pedir, sem solicitar licença, aqui a casa é sua.
    Contudo tenho a certeza que esse porto te abraçará e tentará ser o remanso, a calmaria que a vida de todos precisa, esses caminhos se tornam menos assustadores a cada dia meu irmão estamos juntos.
    Pra mim é um prazer te-lo com meu grande amigo, a vida corrida, a distancia, são meros detalhes,
    Com voce seu amigo Gui André.

  2. fernando r. lenharo disse:

    Mto massa o texto pedrao…. nao importa o tempo sem se ver ou circunstancias da vida a amizade sempre prevalece… um grande abraço de seu amigo fe!!!

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 115,088 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: