Esse Papa não é Pop, o próximo terá de ser

Deixe um comentário

12 de fevereiro de 2013 por deglutindopensamentos

Eliton Felipe

427273_423699264379090_1925993822_n

papa-bento-xvi-reniuncia20120608-0023-size-598

Bento XVI

Nos próximos dias um assunto que não sairá da atenção da mídia, com exceção dos canais evangélicos é claro, será a sucessão papal. O mesmo ocorreu em 2006 e lembro-me bem daquilo tudo. A diferença agora é que esse papa não morreu, abandonou o barco. Barco que financeiramente vai muito bem, mas “fielmente” está de mal a pior.

A instituição papal, uma das mais antigas que se tem noticia, foi criada por volta do final do século I e inicio do II. Segundo a Igreja Católica, o primeiro papa teria sido Pedro, martirizado em Roma. Porém as provas são bem controversas. Naquele período a religião não possuía um único Bispo, mas sim um colegiado, o que dificulta saber se, de fato, Pedro era o “comandante” da doutrina cristã. Além disso, as diferenças entre os chefes da igreja primitiva e os atuais é gigantesca. A castidade e a homossexualidade, por exemplo, eram comuns até meados da Idade Média, Pedro foi casado e teve filhos, Paulo II teve um infarto fulminante enquanto mantinha relações sexuais com um serviçal do mesmo sexo em 1471, Júlio III teve um caso com o embaixador de Veneza com quem dividia quarto e cama entre 1550 e 1555.

Julio III

Papa Julio III

Isso sem contar os antipapas, homens indicados ou que assumiram o poder sem o consentimento da maioria católica como o papa Félix II. Ele foi indicado em 356 pelo imperador Constâncio II e foi oficiado por religiosos da corte. Perdeu o cargo quando o papa Libério foi libertado do carcere pelo imperador e entrou triunfante em Roma. Cerca de 1200 anos depois, seu sarcófago foi aberto e, reza a lenda, estavam escritas as palavras “Papa e Mártir” em seu corpo, mas isso nunca foi comprovado.

Houve também, uma possível papisa que teria passado a maior parte da vida fingindo ser um homem para que pudesse estudar medicina e, entre os anos 850 e 858, assumir o cargo de pontífice. A história teria sido apagada pelo Vaticano durante o século XVII.

Calisto III

Papa Calisto III

Mesmo cercado de contradições esse é um cargo que designa muito poder e que muitos dariam a vida para tê-lo. Os Bórgia, família espanhola de enorme poder durante o século XV, tiveram dois papas. O primeiro, Alfonso Bórgia, ou Papa Calisto III e o segundo, Rodrigo Bórgia que recebeu o nome de Papa Alexandre VI e que teve dois filhos, Cesare Bórgia e Lucrécia Bórgia. Essa família ficou conhecida pelos múltiplos crimes que cometeram, assassinatos, conspirações, etc.

A questão é: Por que esse cargo suscita tanto desejo?

Bom, o titulo papal tem dois significados: o primeiro é espiritual. O papa é o responsável pelo conforto de seus seguidores garantindo que todos tenham acesso ao céu e as benesses do paraíso; a segunda é política. O pontífice possuía sob seu comando, até o ano de 2005, cerca de 2 bilhões de membros e esse número não se reduziu muito em oito anos. Com isso, a influência política desse cargo, está muito próxima da dos mais poderosos monarcas e presidentes do mundo.

O papado é vitalicio, ou o camarada morre ou renuncia. Em toda a história do cristianismo apenas seis governantes renunciaram. O último em 1415.

imagesaa

Papa João Paulo II

Joseph Ratzinger, o papa Bento XVI, assumiu o poder em 2006, aos 78 anos, logo após a morte de um dos papas mais pop’s que já existiram, João Paulo II. Mesmo sendo pouco progressista, era amado pelos fiéis e respeitado pelos governantes, fato esse que pode ter sido o motivo da eleição de um cardial com idade tão avançada. Presumia-se que esse seria um “papa de transição” o que não deu certo e, para piorar, vários escândalos vieram à tona durante o seu curto mandato. Tudo o que João Paulo conseguira esconder por décadas, em pouco tempo foi atirado à imprensa internacional.

Papa Bento

Papa Bento XVI

Como líder da Congregação para a Doutrina da Fé, para a qual foi nomeado em 1981, Bento XVI estava ciente dos problemas relativos aos abusos sexuais de crianças feitos por padres nos vários continentes, mas se calou e, pior que isso, rejeitou bispos que, por vezes, tentaram fazer a coisa certa. O pontífice fez apenas um pedido de desculpas promovendo encontros e orações com vítimas, mas nunca propôs punições aos acusados. Além disso, a própria história de vida de Ratzinger era contraditória. Em 1945 foi capturado pelo exército dos Estados Unidos enquanto lutava ao lado dos nazistas na 2ª Guerra Mundial.

Durante o seu mandato, Bento teve atitudes que mancharam ainda mais a imagem dele e da igreja. Em setembro de 2006 fez um discurso, durante uma visita à Alemanha, em que dizia que o Islã se difundiu pela espada, o que suscitou protestos por toda comunidade muçulmana. Em 24 de janeiro de 2009, revogou a excomunhão de quatro bispos, incluindo um que negava o Holocausto. Cerca de dois meses depois, foi a Angola e Camarões, países com alto índice de infectados pelo vírus HIV, onde condenou o uso de preservativos no combate a doença, atrapalhando o trabalho que as autoridades de saúde realizavam. Isso sem contar os constantes ataques aos homossexuais e aos países que legalizaram o casamento gay.

imagens-do-dia-20130211-size-598

O fotógrafo Filippo Monteforte registrou na noite desta segunda-feira (11) o momento exato em que um raio atingiu a cúpula da Basílica de São Pedro, no dia em que o Papa Bento XVI anunciou renúncia.

No próximo dia 28, quando a renuncia for oficializada e um novo representante for eleito, será o momento da igreja repensar a sua influência e como agir perante os problemas que acontecem no mundo. Se a Santa Sé não quiser continuar perdendo seus fiéis, principalmente para as igrejas evangélicas que prometem um paraíso comprado, tal qual as relíquias vendidas pelos católicos durante a Idade Média, deverá rever esses últimos anos como retrógrados e péssimos para os cristãos. Exemplo disso, foi a redução de nove potos percentuais na quantidade de católicos no Brasil nos últimos dez anos.

Boa sorte e coerência ao novo Papa.

Anúncios

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 122,136 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: