Prostituição: um debate cercado de hipocrisia

Deixe um comentário

8 de fevereiro de 2013 por deglutindopensamentos

Alexandre Perger

Rebeca Duvoisin

Deputado_Jean-Projeto-de-Lei-que-regulariza-a-prostituição

Deputado federal Jean Wyllys

No próximo ano, o Brasil estará com um calendário de grandes eventos esportivos: Copa do Mundo e Olimpíadas. Com isso, milhares de turistas irão invadir o país em busca de diversão, o que, para muitos deles, inclui o “sexo fácil”. Essa demanda deixará exposta milhares de mulheres que ganham a vida oferecendo como produto o próprio corpo. Diante disso, algumas perguntas aparecem: o Brasil está preparado para isso? As prostitutas poderão contar com algum tipo de proteção legal? Essas mulheres estão sendo devidamente instruídas? Infelizmente, há uma única resposta para todas essas perguntas: não!

Prostituição 1

Em meio a isso, num Congresso Nacional repleto de vozes reacionárias e retrógradas, vemos a tentativa do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) de mudar essa realidade criando uma lei que regulamente a prostituição como profissão, o que daria às mulheres direitos trabalhistas e proteção perante à lei. No entanto, muitos parlamentares, baseados em doutrinas religiosas, tentam impedir o avanço, com argumentos que não passam de preconceitos que há séculos rondam nossa sociedade.

prostituição3

Entre a população, o projeto desperta o preconceito e a hipocrisia em relação ao trabalho das prostitutas. Muitos já se levantam para jogar a primeira pedra, aflorando os velhos estigmas que cercam as profissionais do sexo, taxadas como aquelas que ganham a vida fácil e de forma “errada”. Além do mais, segundo essas pessoas, uma lei como essa poderia incentivar outras mulheres a entrarem para “essa vida.” A ironia disso tudo é que a maioria das pessoas que defendem esse discurso ajudam a sustentar todo o mercado que envolve o sexo.

Em uma declaração sobre o projeto de lei, o próprio deputado citou que a maioria dos seus colegas já utilizou serviços de prostitutas. Isso acabou causando enorme indignação entre os parlamentares. Ou seja, a revolta tomou conta da Câmara e os próprios deputados, que deveriam discutir de forma lúcida esse assunto, não o fazem, o que acaba não estimulando a população a debater o tema.

prostituiçao 2

Com isso, a hipocrisia da sociedade impede o debate de ideias e um possível avanço em prol de uma parcela marginalizada da população. Mais uma vez as pessoas preferem se recolher no seu mundinho sem nem tentar olhar o mundo a partir da perspectiva do outro, sem conhecer outras realidades. Diferente do que a sociedade individualista hoje nos ensina, quando nos colocamos no lugar do outro, se torna mais fácil conhecer uma realidade diferente da nossa. Podemos aprender essa simples lição com o fundador do psicodrama, Jacob Levy Moreno que, ao realizar um trabalho com prostitutas, não pensou em fazê-las buscar uma vida melhor fora da prostituição, mas sim, uma vida mais digna enquanto prostitutas.

Anúncios

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 115,088 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: