O verdadeiro sentido do Islã

Deixe um comentário

19 de janeiro de 2013 por deglutindopensamentos

Sophia Manzoor

37007_438596085489_8165064_n

Sophia Manzoor

Em resposta ao texto espúrio escrito pelo tal Rudy Rafael, abaixo do texto a tradução.

O texto é de Sophia Manzoor, islâmica moradora de Londres, Inglaterra, e militante da causa islâmica.

Hi Felipe, thanks for your message, it is highly political and i wouldn’t know where to start, except that all of Europe is governed by European parliament, i do not see any shariah law here in the uk or know of any other country in Europe which is being governed by it. Even if it was the Shariah is very complex and i do not think the stoning to death is able to be implemented even in Islamic states without complex procedures to ensure the crime was committed.. (it also has to be seen in the context of what is written) i am and most most other muslims totally against stoning to death in the incorrect manner. in my view the law is there to stop people taking the law into their own hands, (as many so called “civilized western countries” already do, for example, the taking of countless “alleged” terrorists and locking them up in Guantanomo Bay, is this acceptable behaviour? people held without charge for crimes we do not know have been committed. if they are guilty then why not have them put on trial? And as for communism, Islam is a religion that promotes sharing of wealth and equality. All muslims are required by Allah to give a specific portion of your wealth to the poor, to have no gain in Interest on wealth (i.e. it is forbidden to accumulate wealth by putting money in banks and gaining large amounts of interest, or to take a large loans and pay back with interest. So in a truly Islamic world the huge accumulated debt created by the IMF bank would never happen. Ok.. i agree that even Islamic states do not abide to all these rules, but we can only do what we can and we will all be judged for our actions one day. Unfortunately even states such as Cuba are having difficulty in trading due to the way in which the rest of the world operates. We do need some kind of reform but the only way it can work is if the whole world is on board. Im not saying i want Shariah law, im saying the world needs reform, and change which can only happen through big debates. the Statements in the article have no factual basis, and is taking Islam out of context, which anyone can do even about Christianity and Judaism. Islam only promotes peace and equality.

Tradução.

 Oi Felipe, obrigado por sua mensagem, esta é uma questão altamente política e eu não saberia por onde começar, a não ser pelo fato de que toda Europa é governada pelo parlamento europeu e eu não vejo nenhuma lei sharia aqui no Reino Unido nem sei de nenhum outro país na Europa sendo governado por ela. Mesmo se fosse, a Sharia é bastante complexa e eu não acho que seja possível implementar a morte por apedrejamento, mesmo em Estados islâmicos, sem que sejam adotados procedimentos complexos para garantir que o crime foi cometido (isto também deve ser visto dentro do contexto no qual foi escrito). Eu sou, assim como a maioria dos outros muçulmanos, totalmente contra a morte por apedrejamento de maneira incorreta. Na minha visão, a lei existe para impedir que as pessoas façam a lei com as próprias mãos (da mesma forma que muitos dos chamados “países ocidentais civilizados” já prendem, por exemplo, os incontáveis “supostamente” terroristas e os prendem na Baía Guantanomo, isto é um comportamento aceitável? pessoas mantidas presas sem acusação por crimes que nem sabemos se realmente o cometeram. se eles são culpados, então por que não colocá-los em julgamento? E quanto ao comunismo, o Islã é uma religião que promove a partilha de riqueza e igualdade. Alá exige que todos os muçulmanos doem uma porção específica de sua riqueza aos pobres, e não obtenham ganhos em juros sobre suas riquezas (por exexemplo, é proibido acumular riqueza colocando dinheiro em bancos e ganhando grandes quantias em rendimentos, ou pegar grandes empréstimos e pagar de volta com juros). Então, em um mundo verdadeiramente islão, a gigantesca dívida criada pelo banco IMF nunca aconteceria. Ok… eu concordo que mesmo Estados islâmicos não obecedem a todas essas regras, mas nós só podemos fazer o que está ao nosso alcance e todos nós iremos ser julgados por nossas ações algum dia. Infelizmente, mesmo Estados como a Cuba estão tendo dificuldades no comércio devido à forma como todo o resto do mundo opera. Nós precisamos de algum tipo de reforma, mas a única maneira que vai funcionar é se todo o mundo estiver junto. Não estou dizendo que eu quero a lei Sharia, estou dizendo que o mundo precisa de mudança, a qual só pode acontecer por meio de grandes debates. As afirmações do artigo não possuem base fática, e tratam o islamismo fora de contexto, que qualquer um pode fazer mesmo em relação ao cristianismo ou judaísmo. Islamismo apenas promove paz e igualdade.

Anúncios

Degluta conosco...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Capitão Barba Ruiva, a sua livraria virtual

Capitão Barba Ruiva a melhor opção em livros

Baú

O que tem pra hoje?

janeiro 2013
S T Q Q S S D
    fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Leitores

Nós que aqui estamos, por vós esperamos.

  • 111,792 pessoas já nos viram

Medalhas do blog

%d blogueiros gostam disto: